Letra Viva – Festival da Poesia de Fortaleza

LETRA VIVA – Festival da Poesia de Fortaleza caracteriza-se como uma iniciativa cultural que visa valorizar, divulgar, promover e enfatizar a cena poética e as/os poetas residentes na capital cearense, especialmente as/os que estejam em atividade e produzindo atualmente.

 

Idealizado pelo produtor cultural e pesquisador cearense, Franciscus Galba, e pelo poeta, editor e produtor cultural cearense, Talles Azigon, teve sua estreia, em 2017, trazendo como proposta a criação de um ambiente inteiramente favorável e destinado à criação, fruição e difusão da literatura, nesse caso em específico da arte poética, configurando-se como uma ação inédita na cena cultural da capital Fortaleza, bem como do Estado do Ceará.

 

Em suas edições, procura sempre reunir e integrar o máximo possível de agentes culturais que compõem e fazem esta cena, não apenas para ler, declamar, comercializar ou experimentar poesia, mas, também, para pensar possibilidades de incentivo e fomento para esta linguagem que tem tanta fertilidade na cidade, na perspectiva de promover a circulação e produzir visibilidade para essa cena.

 

Assim, fomenta a expressiva produção contemporânea que existe em Fortaleza e estimula o debate em torno de temas, como as políticas públicas de fomento e questões relativas à valorização, promoção, difusão, ampliação e fortalecimento da respectiva cena. Também contribui com a promoção da economia da cultura na cidade.

 

Com foco na diversidade e visando contribuir com o fortalecimento de direitos culturais, bem como com o acesso democrático à bens e produtos culturais, todas as atividades de suas programações são sempre gratuitas e abertas à comunidade em geral, sem quaisquer restrições de idade, gênero, classe social, origem, credo, raça ou cor.

 

A primeira edição aconteceu nos dias 19 e 20 de julho de 2017, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, reunindo, de forma democrática, poetas, editores, escritores, promovendo debate e palestras, traçando estratégias e apresentando dois grandes saraus com poetas mulheres, homens, negros, brancos, LGBTQI+, jovens, idosos, adultos, das periferias e de outros lugares, alguns já consagrados e outros não conhecidos, oferecendo à cena cultural de Fortaleza uma verdadeira mostra de uma de suas maiores riquezas: a arte poética. Na ocasião, foi lançada a segunda edição do jornal impresso, intitulado “Mei-Pão”, inspirado no órgão de imprensa (jornal) da Padaria Espiritual, “O Pão”, contendo uma coletânea de poemas das/dos poetas participantes do Projeto, com distribuição gratuita.

 

Já a segunda edição aconteceu nos dias 27 e 28 de novembro de 2019, respectivamente nos equipamentos culturais Biblioteca Pública Municipal Dolor Barreira e Centro Cultural Belchior.

 

Além de ter apresentado e proporcionado uma programação cultural com Seminário, Sarau e Performances Poéticas, trouxe como novidades:

• Criação, publicação e lançamento do website – www.poesiadefortaleza.com.br – a primeira plataforma virtual que tem como objetivo organizar, promover e divulgar a produção poética da capital cearense, sendo disponibilizada ao público em geral, de forma gratuita;

• Produção, edição, publicação e lançamento do livro “Antologia do Festival da Poesia de Fortaleza”, com uma tiragem de 500 (quinhentos) exemplares, contendo uma coletânea de poemas das/dos poetas participantes do projeto, bem como uma amostra do universo poético da cidade “que escolheu ser poesia”;

• Elaboração, produção, publicação e divulgação de um documento, intitulado “Carta dos Poetas de Fortaleza”, contendo informações atualizadas e propostas para a melhoria, promoção e difusão da cena poética da cidade.

 

Vale destacar que, a Convocatória para a participação na programação, recebeu 107 (cento e sete) inscrições de poetas da cidade, um número bastante expressivo.

 

Assim, LETRA VIVA – Festival da Poesia de Fortaleza movimenta a cena cultural de Fortaleza e mostra que tem potencial e muito a contribuir, ao longo de suas próximas edições, com o crescimento da cena literária da cidade, em específico a cena poética, e, com isso, agrega valor ao calendário e à cena cultural da capital cearense como um todo. Por consequência, repercute na própria cena cultural do Estado do Ceará.

 

“Letra Viva – Festival da Poesia de Fortaleza” é uma realização da Letra Viva Cultura Inteligente e tem a parceria da Editora Substânsia.