SARA SÍNTIQUE

Sara Síntique

POESIA_DE_FORTALEZA-POETA- SARA SÍNTIQUE

Nome: Sara Síntique

Biografia:

Sara Síntique é escritora, atriz, mediadora de leituras e professora. Autora dos livros “ÁGUA ou testamento lírico a dias escassos” (Ellenismos, 2019) e “CORPO NULO” (Substânsia, 2015). Mestra em Literatura Comparada pela Universidade Federal do Ceará (UFC), onde também se graduou em Letras Português – Francês. Escreve poemas para o blog Leituras da Bel (Jornal O Povo). Teve textos publicados na Antologia “O olho de Lilith (Selo Ferina, 2019. Org. Mika Andrade) e nas revistas Mulheres que escrevem, Escamandro, Literatura BR, Diversos Afins, Gueto e Saúva.

 

Poesias

(lampejos)

 

ainda fico dentro aqui – dentro como quem olha por

uma fenda à espreita e – não como quem mergulha

adentra mas – como quem espia uma fenda –

com receio do delicado

das ranhuras – sem intenção

de inscrever uma palavra – outra palavra

dentro –

mas – como quem espia uma fenda a querer

– o inaudito?  – riscar doce um fósforo  –

interromper escuros com pequenas chamas ou  –

 

vaga-lumes, balbucios

amar ainda

o passo

que se distancia

(esse desvio)

o passo não mais

ao lado

perto

não mais

(desfeito)

amar

amar

amar

(balbucio)

amar o rastro

tatuar a palavra cintilância

na costela esquerda

ou mesmo no seio

talvez no seio

cintilância

perceber o que altera

no coração